O Programa de Voluntariado foi lançado em outubro de 2016 no Grupo Sotreq, como forma de comemorar os 75 anos da Sotreq, compreendendo que cada um exerceu e exerce um papel importante na construção desta história. A prática do voluntariado já fazia parte da organização, principalmente através dos projetos sociais apoiados Instituto Social Sotreq, mas não há dúvida de que o surgimento do Programa faz alavancar a cultura da participação social.

Constitui-se como uma importante forma de relacionamento da empresa com a comunidade, abrindo um novo campo de diálogo com suas partes interessadas. E quando temos a oportunidade de ouvir os protagonistas, os voluntários, constatamos o potencial de propagação desta cultura, promovendo um processo de engajamento em que as pessoas identificam seus espaços de contribuição. A expressão da cidadania e da solidariedade estão presentes, possibilitando a abertura para novas experiências, oportunidades de aprendizado e criação de vínculos.  

Quando falamos na construção do desenvolvimento sustentável, a participação e corresponsabilidade de todos para superação de desafios sociais, se faz necessário. Nosso lema é “Construindo com as próprias mãos!” e com esta força coletiva o legado de uma sociedade melhor está se construindo dia após dia. Está enraizado na estratégia da empresa!

 

Dá para sentirmos nos depoimentos aqui compartilhados:

Luziene Soares – colaboradora voluntária na Sotreq Contagem – Minas Gerais

“O Programa de Voluntariado Corporativo do Grupo Sotreq mantém uma agenda anual e institucional que contempla os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além de garantir autonomia aos comitês de voluntariado das filiais que propõem e executam ações nas comunidades que estão estabelecidas nas proximidades da Sotreq.

Estar à frente do comitê voluntariado na Sotreq Contagem (MG), é desafiador, intenso e de muita aprendizagem. Reunir ideias, recursos e talentos dos voluntários e voluntárias, mobilizar, sensibilizar e engajar; levantar e avaliar as demandas das instituições para efetivar ações que sejam pertinentes, acolhendo as necessidades, buscando equilíbrio entre instituição e voluntariado, compreender as expectativas e fazer o melhor para produzir diferença no mundo de alguém através do voluntariado empresarial faz parte desse desafio. Em setembro, o comitê de Contagem mobilizou 23 (vinte e três) voluntários e voluntárias para doação de sangue no Hemominas de Belo Horizonte, contando com a parceria da empresa de Transporte Allure que cuidou do deslocamento.”

 

Thais Pereira, colaboradora voluntária da Sotreq Jaboatão do Guararapes – Pernambuco

“Sempre estamos ganhando mais do que doamos. O valor vem de dentro do coração das pessoas que estão recebendo carinho, amor e acolhimento. O brilho no olho de cada pessoa ajudada nos dá um gás para querer fazer mais, fazer o ciclo aumentar e deixar todo mundo ao nosso redor com a sensação de dever cumprido.

Sempre que convido alguém para uma ação, eu já deixo o alerta, “pode se preparar, porque você sai muito melhor do que entrou”. Eu sou uma pessoa muito melhor depois que me tornei parte do voluntariado da Sotreq. O Momento S me inspira, eu conto o tempo para chegar, é mágico, fico explodindo de alegria, e ansiosa para juntar todo mundo e fazer acontecer. Ser voluntário é massa, e em equipe é muito melhor!!!”

 

Foto de Thais comprando alimentos com as doações obtida, durante a campanha anual denominada Momento S.

 

 

 

Patricia Klem, colaboradora voluntária da Sotreq Macaé – Rio de Janeiro

“Participamos de um encontro promovido pelo CBVE – Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial em maio deste ano que proporcionou um espaço de troca entre as associadas e seus respectivos representantes dos Comitês de Voluntariado. Foi um momento importante para reflexões, construções coletivas sobre a prática do voluntariado nas diferentes empresas que integram este grupo, reforçando a importância de se ter ações em conjunto.

Agradeço imensamente pelo convite, foi uma ferramenta extremamente importante para nos motivar cada vez mais para o trabalho voluntário.

A gratidão vem realmente do nosso coração, cujo sentimento é de fazer algo por quem necessita sem ter nada em troca, apenas para ver que fez a diferença na vida de alguém. Nosso objetivo como voluntario é trabalhamos para melhorar o mundo em que vivemos e torná-lo mais justo. E vamos em frente!”

 

Grupo Sotreq