A Fundação Telefônica anunciou os projetos selecionados em seu primeiro edital de cultura digital e apoiará oito iniciativas, totalizando R$ 1,8 milhão em investimento. A escolha contemplou, entre outras coisas, propostas que combinassem o uso de tecnologia, tanto no suporte, quanto na linguagem ou como ferramenta de distribuição e democratização do acesso à cultura para o público infanto-juvenil.

Foram considerados aptos os projetos que valorizassem a diversidade, ou seja, propostas de diferentes regiões do país e de distintas áreas culturais. “Outra grande preocupação era a apresentação de contrapartidas socioeducativas para crianças, adolescentes e jovens”, afirmou a diretora de Programas da Fundação Telefônica, Gabriella Bighetti. Segundo ela, projetos que previam grande acessibilidade do público, como presença on-line, foram especialmente analisadas.

São os seguintes os projetos selecionados: Brazilian International Game Festival – BIG Festival; Jogos: Clássicos da Literatura; Laboratório Móvel de Criação, Difusão e Acessibilidade; Filmes que Voam – Canal Infantil; Griô na Escola, na Internet e na TV; Occa Digital; Escola Digital das Tradições; e Memórias do Futuro.

A comissão julgadora foi formada por Reinaldo Pamponet, fundador da Eletrocooperativa e sócio da ItsNoom, rede de fomento a negócios inovadores; Jurema Sampaio, professora universitária, consultora e designer instrucional em projetos de arte, educação e cultura; Mila Gonçalves, gerente área de Educação, Cultura e Juventude da Fundação Telefônica; Fabrício Santos, representante da Área de Desenvolvimento Cultural da Telefônica-Vivo; e Pablo Larrieux, diretor da  Área de Inovação da Telefônica-Vivo.

Mais informações podem ser obtidas pelo site https://www.fundacaotelefonica.org.br/Arte-e-Tecnologia/Projetos-Culturais-Envio-Projetos.aspx.

Fonte: Fundação Telefônica