Mais de 2.700 colaboradores do Grupo Telefônica participou da Campanha de Natal coordenada pela Fundação Telefônica. Foram beneficiadas cerca de oito mil pessoas, por meio da doação de alimentos, brinquedos, roupas e material de higiene. Com a integração da Telefônica com a Vivo, a Campanha de Natal foi realizada em 31 cidades de todas as regiões brasileiras.

Além de arrecadar doações, os colaboradores visitaram instituições beneficentes e desenvolveram atividades lúdicas com as crianças. Somente junto aos Correios, foram atendidas 960 cartas enviadas por crianças ao Papai Noel na cidade de São Paulo, número 12,7% superior em relação ao ano passado. Foram entregues 1.840 quilos de alimentos e, apenas uma das unidades da empresa em São Paulo doou 10 mil brinquedos.

Dentro do projeto “Papai Noel dos Correios”, além do atendimento aos desejos expressos nas cartas das crianças, 10 voluntários ajudaram a cadastrar os pedidos na agência central dos Correios, em São Paulo. Esse trabalho de triagem e cadastramento é que viabiliza a adoção das cartas. Em 2010, os Correios receberam 1.239.084 cartas, sendo que somente 735.967 atendiam aos critérios da campanha. Desse total, 566.362 foram adotadas.

Além de procurar responder e, na medida do possível atender aos pedidos das crianças, a campanha visa trabalhar com elas o poder da comunicação por meio da redação de cartas ao Papai Noel. A meta é contribuir para o desenvolvimento da habilidade da escrita, da redação de carta e do endereçamento correto.

Os pedidos são diversos e, além de brinquedos, incluem objetos para a família, como panelas, roupas de cama, cestas de alimentos e até ceia de Natal. Alguns colaboradores se dispuseram a pegar várias cartas para atender as crianças ou se cotizaram para a compra de presentes mais caros, como bicicletas e videogames.

Fonte: Fundação Telefônica