Um banco de aulas criativas, desenvolvidas por professores utilizando recursos multimídia disponíveis na internet, já está à disposição de educadores do ensino fundamental e médio de todo o Brasil. Esta é uma das características do site do projeto Telinha na Escola, que acaba de ser lançado e que é acessado pelo endereço www.telinhanaescola.art.br.

Além de materiais produzidos por professores que lecionam nas escolas onde o projeto desenvolve ações de formação, o site oferece vídeos tutorias sobre o uso de tecnologias, que podem ampliar a experiência de educadores, além de vários recursos interativos. “Todo o material desenvolvido para as formações dos educadores e jovens estudantes estão disponíveis no site e podem ser utilizados por todos os interessados em explorar as novas dimensões da aprendizagem por meio do uso de tecnologias de mobilidade”, explica Aluísio Cavalcante, coordenador do projeto.

O Telinha na Escola foi concebido em 2009 pela Casa da Árvore Projetos Sociais e tem patrocínio da Fundação Telefônica Vivo. Neste semestre, atende a três escolas piloto nas cidades de Recife, Fortaleza e Palmas. O projeto conta ainda com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Recife, Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza e a Secretaria Estadual de Educação do Tocantins.

Formação e interação

Além de poder acompanhar o desenvolvimento do projeto através de notícias, vídeos, imagens e dos blogs das escolas, o usuário pode navegar pela seção Aula Criativa, que reúne um banco de aulas já desenvolvidas que será alimentado pelas produções dos professores no decorrer do ano. Além disso, o site reúne uma série de vídeos autorais e selecionados através de uma curadoria pedagógica, que podem ampliar a experiência dos educadores.

Somado a isso, o ambiente traz ainda todos os recursos didáticos desenvolvidos pela equipe da Casa da Árvore para a formação dos educadores e outros desenvolvidos também pelos educadores participantes do projeto. “Nossa ideia é ter uma interface muito simples, que permita uma navegação mais autônoma onde cada um a possa aprender aquilo que quer da forma que acha melhor”, destaca Cavalcante.

O site Telinha na Escola está aberto a colaborações e todo o conteúdo publicado é livre para uso pedagógico. Todos os materiais de apoio à aprendizagem contidos no site também são difundidos através das redes sociais nos canais do projeto no facebook.com/telinhanaescola e no twitter @casadaarvoreong #telinhanaescola.

Fonte: Fundação Telefônica Vivo