Depois de percorrer nove estados da região, a Caravana do Nordeste contra o Trabalho Infantil chega ao seu final, com eventos em Salvador. A iniciativa fez parte do projeto de fortalecimento dos Fóruns Estaduais das regiões Norte e Nordeste e das redes municipais de atenção à criança e ao adolescente das duas regiões, formulado pela Fundação Telefônica|Vivo em conjunto com o Instituto Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Inpeti).

Juntamente com os fóruns estaduais, foram promovidas ações de mobilização, como campanhas, discussões pela Internet e realização de caravanas pelas cidades, visando à sensibilização da opinião pública para o tema.

Na Bahia, a Caravana teve início em 12 de abril e incluiu reunião com prefeitos, capacitação de educadores, audiências no Tribunal de Justiça, na Câmara de Vereadores de Salvador e na Assembleia Legislativa do Estado, além de palestra sobre os malefícios do trabalho infantil na Escola Municipal Senhor do Bonfim e na Escola Rotary Itapoan.

O Shopping Salvador está abrigando, nesta semana, exposição sobre o tema e, amanhã, dia 31, entre 14h30 e 16h30, está prevista caminhada com a participação de alunos da rede pública de ensino, fanfarras e de representantes dos órgãos da rede de proteção à criança e ao adolescente, saindo do Porto da Barra até o monumento do Cristo.

No dia 4 de junho, às 9h30, será realizada audiência com o governador Jaques Wagner, para tratar de medidas a serem fomentadas visando à erradicação do trabalho infantil, bem como para entrega de Termo de Pedido de Providências elencando sugestões do Fórum Estadual local.

As ações promovidas pela Caravana do Nordeste contra o Trabalho Infantil podem ser acompanhadas pela Internet por meio da Rede Pró-Menino, da Fundação Telefônica|Vivo (www.promenino.org.br).

Fonte: Fundação Telefônica|Vivo