A usina Ouro Branco da Gerdau conquistou no mês de maio a marca de mil colaboradores voluntários. O recorde histórico é resultado do “Programa Voluntário Gerdau”, programa estruturado de voluntariado da Empresa, que  visa sensibilizar, capacitar e reconhecer o trabalho voluntário de seus colaboradores. A Gerdau acredita que essas experiências beneficiam comunidades e os próprios voluntários, ao despertar neles novas habilidades e competências pessoais, seu comprometimento pela transformação social e a satisfação em ver que, com pequenas ações, é possível contribuir para o desenvolvimento sustentável das regiões em que a Empresa atua.

Só em 2012, a usina Ouro Branco produtora de aço da Gerdau, implementou 30 projetos sociais em Minas Gerais, beneficiando mais de 280 mil pessoas de 86 escolas e instituições da região. Os municípios beneficiados pelas ações foram Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Cristiano Otoni, Ouro Branco, Ouro Preto, Ressaquinha, São Brás do Suaçuí, Cristiano Otoni, Itabirito, Belo Horizonte e São João del-Rei.

Todos os projetos são direcionados pelo Instituto Gerdau, responsável pelas políticas e diretrizes de responsabilidade social da Companhia. As iniciativas têm como foco as áreas da educação, qualidade em gestão e mobilização solidária. Na área educacional, as ações contribuíram para a melhoria na gestão das instituições de ensino público e para a capacitação dos educadores. Os projetos de mobilização solidária atenderam necessidades pontuais das entidades, estabelecendo parcerias entre os voluntários da Empresa e demais agentes da sociedade. As ações voltadas para a educação profissional despertaram o espírito empreendedor nos jovens, estimulando o seu desenvolvimento pessoal e proporcionando uma visão clara do mundo dos negócios.

Fonte: Gerdau