Com o intuito de aperfeiçoar o processo de elaboração do Relatório de Sustentabilidade 2011, a Itaipu Binacional adotou a nova versão das Diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), conhecida como G3.1 – que não é obrigatória. O processo de definição da materialidade adotado para o Relatório de Sustentabilidade 2011 foi o mais multistakeholder dentre os já realizados pela Itaipu. Embora tenha consultado representantes dos stakeholders em anos anteriores, pela primeira vez a Itaipu reuniu diversos parceiros com o intuito de analisar e contribuir para a definição de materialidade do documento.