Voluntários Vale de Portos Sul, em Mangaratiba e Itaguaí (RJ) arrecadaram cerca de trinta cestas básicas, com alimentos e produtos de higiene, além de 80 litros de água mineral. As doações foram encaminhadas para a Cruz Vermelha do Rio de Janeiro. A ação teve como objetivo sensibilizar os empregados para os problemas enfrentados pela população afetada pelas chuvas desde o início do ano.

Durante o verão, muitos municípios no interior do Rio de Janeiro têm de lidar com fortes chuvas e enchentes. Desde 2011, depois de uma dos maiores desastres naturais do país, a atenção a estas regiões é redobrada. Em janeiro deste ano, cidades como Duque de Caxias e Nova Friburgo estavam em estado de alerta e mais de dez municípios decretaram situação de emergência, em conseqüência do grande volume de chuvas. Nestes locais, mais de 15 mil pessoas ficaram desabrigadas.

Através do contato com a Defesa Civil Estadual, os voluntários identificaram as necessidades dos atingidos e a melhor forma de ajudar. “O estoque de água mineral estava quase esgotado e era a prioridade. Além disso, foi sugerida pela Cruz Vermelha a doação de cestas básicas completas, de forma mais ágil e rápida que alimentos isolados, pois já viria montada e facilitaria a distribuição”, conta a analista de Relações com Comunidade Luciane Zanol.

O supervisor de Gestão Econômica Reinaldo Dantas resumiu a motivação para realizar o trabalho solidário em uma palavra: “Compaixão”. Segundo o voluntário, “se eu estivesse do outro lado, certamente amaria se existisse alguém desse lado para fazer o mesmo. Saber que posso fazer o bem a alguém me motiva a ser melhor, diariamente”, afirma.

Fonte: Voluntários Vale